Timber by EMSIEN-3 LTD
  • sanesul
Quarta, 13 Março 2019 15:43

Acordo com MPT garante digitalização da rádio Educativa FM no Estado

Escrito por
Bosco Martins observa assinatura do acordo pelo procurador do MPT no Estado Bosco Martins observa assinatura do acordo pelo procurador do MPT no Estado Divulgação/Assessoria

Um acordo firmado entre a Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul) e o MPT (Ministério Público do Trabalho) garantiu o repasse de R$ 200 mil para a aquisição de equipamentos que vão permitir a digitalização do sinal da Educativa 104.7 FM. A confirmação do repasse foi dada na tarde desta quarta-feira (13), durante reunião entre o procurador do MPT, Odracir Juares Hecht, e o diretor-presidente da Fundação, Bosco Martins, permitindo a destinação de valores arrecadados em multas pelo órgão trabalhista para a modernização da rádio estatal que, neste ano, completa 25 anos de existência.

Os valores, além de permitir a aquisição de equipamentos necessários para a transmissão digital da rádio, permitirão ainda a modernização do parque tecnológico de toda a Fertel. Também participaram da assinatura o procurador jurídico da Fertel, Danilo Magalhães, e o diretor da TVE Cultura, Cezar Roriz.

Em meio a fiscalizações e apontamentos de irregularidades trabalhistas cometidas por empresas, o MPT, entre as medidas punitivas, arbitra multas e firma termos de ajustamento de conduta que garantem a destinação dos recursos para diferentes segmentos da sociedade civil. Conforme o montante das punições administrativas, é previsto o seu parcelamento, com os recursos sendo direcionados a órgãos do poder público ou entidades da sociedade civil.

É o caso de procedimento aberto em 2016 contra uma grande empresa que atua no Estado e que, autuada, fechou acordo no valor de R$ 4 milhões. “Diferentes entidades já foram beneficiadas, como o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar e, agora, é a vez da Fertel”, explicou Hecht, segundo quem “os termos de cooperação fechados a partir dos repasses preveem que os valores devem ser revertidos em prol da sociedade”.

O procurador salientou, ainda, que o montante repassado tem regras para ser aplicado, sendo alvo de acompanhamento. “A Fertel deverá seguir o que preconiza a lei 8.666 (a lei das licitações) e ser fiscalizada pelo Tribunal de Contas do Estado”, destacou Hecht, que atendeu a pedido apresentado por Bosco Martins, via ofício, em 11 de março deste ano – após tratativas iniciadas ainda em 2018 para garantir os recursos.

“Diante da atividade fiscalizatória do MPT e da possibilidade de os recursos pagos por empresas que infringiram regras trabalhistas serem revertidos para a sociedade, pleiteamos valores que garantissem a modernização da Educativa 104.7 FM em seu 25º aniversário. Afinal, trata-se de um veículo de comunicação diferenciado em Mato Grosso do Sul, focado na divulgação de nossa diversidade cultural e calçado no princípio da prestação de serviços à sociedade”, destacou Bosco.

O diretor-presidente da Fertel observou, ainda, que a criatividade na busca de fontes alternativas de recursos segue premissas da atual administração estadual, que objetivam otimizar os serviços prestados à população. “O governador Reinaldo Azambuja e o secretário Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica, ao qual a Fertel está vinculada) têm sido claros quanto a obrigatoriedade de os órgãos públicos atenderem à população com o máximo de empenho, sem tirar os olhos da necessidade de economizar ou buscar outros meios, como convênios e termos de cooperação, para garantir as melhorias. A parceria com o MPT será fundamental dentro dos projetos para, também, modernizarmos 100% do parque tecnológico da Fertel”, finalizou Bosco. Os valores já foram disponibilizados pela fundação.

  • roze

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus